Poema para Niemeyer ou Poesia Modernista i e ii

Cantando na boemia

Compondo construções

Construindo

Casebres, catedrais

Corações.

Criando no cerrado

Cansado de retidão

Cantando na boemia

Poesia também se faz em curva.

Anúncios
Este post foi publicado em 10/12pmSun, 09 Dec 2012 15:06:44 +0000/2012 às 3:06 PM. Ele está arquivado em Sem categoria e marcado , , , . Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: