Precipitado

Água que precipita

Água que roça

Água que atiça

Água que empoça.

 

Empoça e faz a poça

Poça que se apossa

De meu olhar,

De minha atenção.

Poça de água suja, de tanto roçar

Poça escura

Escuridão pra desvendar.

 

Poça que a água que em mim roçou, formou

Água que formou vontade

Vontade de ter, de tocar

Vontade de conhecer

Vontade de mergulhar.

Anúncios
Este post foi publicado em 10/03amSat, 10 Mar 2012 00:37:48 +0000/2012 às 12:37 AM. Ele está arquivado em Sem categoria e marcado , , . Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: